Move Notícias

14 de abril de 2024

Eventos e insights incríveis!

Breve relato!

Hey Powers!

Participei de dois eventos muito interessantes nesta última semana e estou empolgada para compartilhar o que mais fortaleceu meu aprendizado, conectando os pontos entre eles.

O primeiro foi uma palestra sobre o livro 'O que você quer de verdade?' com a escritora Luciana Barbosa, um evento restrito a 60 pessoas, e o segundo foi uma imersão em empreendedorismo, o Summit da Capital Upgrade, com mais de mil participantes!

No primeiro evento, a palavra que mais me impactou foi SINCRONICIDADE; no segundo, CULTURA.

Mas o que será que têm em comum? Talvez seja o fato de que não estamos sozinhos, mas sim super conectados uns aos outros, e ao tomarmos consciência disso e nos questionarmos:

  • Para onde estou indo?
  • O que realmente quero?
  • Para que tudo isso?
  • Quem sou eu?

Podemos então mudar a forma como contamos nossa história, buscando um viés positivo de onde extrair sabedoria e felicidade, de modo a ser possível conectar-se com a própria essência e viver a vida para a qual fomos destinados. Isso é sincronicidade.

Viver dessa maneira leva à realização dos questionamentos certos, além de ser um exercício que nos tira da estagnação, pois passa a ser urgente exercitar a atenção plena para decidir de forma intencional.

Nesse momento, vem o link com CULTURA.

Cultura não é apenas o clima organizacional, mas sim o somatório dos questionamentos feitos nos momentos de ação e decisão, é escolher ser de uma determinada maneira. É gerar sincronicidade! EUREKA!

Um negócio com pessoas sem sincronicidade, sem desenvolver o questionamento que leva à cultura, torna-se uma torre de Babel, com pensamentos divergentes, questionamentos ausentes e nenhuma conexão. O resultado não será bom.

Busque sair do óbvio, treine, exercite a criticidade para saber quem você é e em qual cultura está disposto a criar/entrar e fazer parte para gerar as sincronicidades da vida. Quem sabe este seja o caminho para a verdadeira cultura que levará aos resultados que trazem paz e felicidade.

07 de abril de 2024

DIA DE HISTÓRIA

Um breve conto do cotidiano.

Hey Powers!

Hoje vamos de historinha... baseada na vida real. Prontos?

No reino movimentado da cidade, onde a rotina muitas vezes domina nossas escolhas, havia uma pessoa, um cliente comum, que encontrava refúgio em um lugar específico.

Esse lugar não era apenas um estabelecimento qualquer, devido a frequência era um refúgio onde encontrava conforto, familiaridade e um atendimento que trazia felicidade.

O que acontecia lá era uma relação de fidelidade mútua entre cliente e empresa, lá era possível não apenas consumir produtos ou serviços, mas estar também sob uma atmosfera energizante com interações humanas felizes.

Contudo, como todas as coisas na vida, houve um momento de reflexão, ela começou a questionar se a sua devoção ao lugar estava justificada.

"Será que estava sendo verdadeiramente bem atendida?"

"Será que o lugar oferecia o diferencial que tanto valorizava?"

"Ou será que havia se acomodado na rotina, deixando de questionar a qualidade do que recebia e se haveriam lugares melhores?"

Esses questionamentos não eram apenas internos, eles eram um desafio para o próprio estabelecimento. Um desafio para garantir que sua excelência fosse sempre mantida e reconhecida. Um desafio que a levaria a outros lugares ou não.

Às vezes, é fácil para os negócios presumirem que têm a lealdade de seus clientes garantida, mas na mente desses clientes um constante desafio é lançado: será que você é realmente o melhor?

Seguindo os passos dessa jornada atravessamos a experiência, observamos cada detalhe, cada interação, e ponderamos sobre a resposta final.

Nesse caso a resposta reflete não apenas a sua própria experiência, mas também o compromisso e a excelência do lugar.

Nessa história a resposta foi um SIM!.

O atendimento era realmente tudo aquilo que ela valorizava.

Havia um custo-benefício percebido, e ela encontrou o valor que buscava. Assim, decidiu continuar frequentando o lugar, confiante em sua escolha.

Entretanto, essa pessoa está ciente de que, eventualmente, os questionamentos surgirão novamente.

É uma jornada de constante avaliação e reavaliação, onde o estabelecimento deve sempre estar preparado para responder positivamente aos desafios lançados pelos seus clientes mais fiéis.

FIM! RECOMEÇO!

Esse conto é para lembrar você da importância da autoavaliação constante!

Somente através desse diálogo interno podemos garantir a excelência e a continuidade das relações que valorizamos e que nos permitem seguir empreendendo!

Se essa pessoa estivesse hoje no seu CNPJ qual seria resposta que ela daria?

Tem certeza dela?

Pense a respeito e lembre de AGIR!

NUNCA SE ACOMODAR! SEMPRE BUSCAR EVOLUIR!

25 de março de 2024

Chega ao fim.

Pense fora da caixa.

Hey Power!

Estamos acabando o primeiro trimestre do ano e esse post é para você. Sei que você tem dado o seu melhor diante de tantos desafios... Empreender, cuidar de pessoas e processos é um desafio e tanto! E sabe, feliz que você decidiu não desistir!

O primeiro trimestre pode ser bem desafiador e com o cenário econômico atual onde o "poder de compra do brasileiro caiu nos últimos 10 anos. Para comprar uma cesta básica, a fatia necessária do rendimento médio habitual do brasileiro subiu de 21% para 26,1% entre 2013 e 2023. O levantamento é da LCA Consultores" é preciso pensar fora das coisas óbvias.

Com a crescente demanda pela eficiência do bom, bonito e barato é preciso ir além da experiência...

Estamos em meio a ruptura de conhecidas garantias, verdades, mercados e hábitos que mudarão mais e mais rápido.

Volte a estudar!

Pergunto:

Quem você se torna quando o jogo do empreendedorismo eleva o nível?

É a sua resposta hoje que determinará o seu futuro. Diga a sua resposta e terá o seu destino.

Lembre-se: as pessoas não pensam tão iguais assim... Cuidado se imaginar que a sua resposta é a regra. Em empreendedorismo não há regra exata e não há controle, está tudo nas mãos invisíveis do mercado.

Prepare-se para um próximo trimestre surpreendente!

09 de março de 2024

Elas são Powers!

Vamos falar de mulheres e empreendedorismo.

Hey Powers!

Vamos refletir e lembrar sobre o papel crucial das mulheres no empreendedorismo e no desenvolvimento econômico. Ao longo da história, nós mulheres temos demonstrado uma habilidade inata para empreender, superando desafios e contribuindo significativamente para o progresso social e econômico.

Anteriormente extremamente subestimadas, hoje vamos conquistado cada vez mais nosso espaço nos negócios. Somos, se quisermos, líderes visionárias e inovadoras.

Posso perceber uma mudança significativa no cenário econômico global. Mas vamos aos números?

De acordo com uma publicação da revista virtual Valor Investe:

"mais da metade (56%) das companhias da bolsa brasileira ainda não têm mulheres em cargos de liderançaEntre as empresas com mulheres nessas posições, o número aumentou, mas ainda é muito pequeno: avançou de 9% em 2017 para 15% em 2022.

Elas ocupam apenas 0,67% dos cargos de presidência, 12% dos cargos de diretoria e 15% dos cargos em conselhos de administração no país. "

Ações de empresas com mulheres na liderança têm retornos bem superiores ao do Ibovespa | Renda Variável | Valor Investe (globo.com)

Diante da realidade do cenário quero deixar claro que a diversidade de perspectivas que nós mulheres trazemos para o empreendedorismo não apenas enriquece os negócios, mas também impulsiona a criatividade e a resiliência.

Que essa data de 8 de março seja possível reconhecer não apenas as conquistas passadas, mas também inspirar e apoiar cada vez mais mulheres sejam empreendedoras ou não. É urgente criar ambientes propícios para que as habilidades e talentos floresçam, promovendo a igualdade de oportunidades.

Promover a participação feminina no empreendedorismo não apenas fortalece a economia, mas também contribui para uma sociedade mais equitativa e inclusiva.

Hoje, celebro a possibilidade de ser colunista, empresária, mãe, filha, esposa, de poder estudar, votar, empreender, usar o que eu quiser.

A missão que você tem para hoje?

Reflita sobre todas as mulheres que foram ou que são importantes para você estar exatamente onde está. Faça uma prece por cada uma dessas Power mulheres e lembre de se educar a ouvi-las mais, incentivá-las e apoiar mais todas as potências femininas que estão ao seu redor e que sim, precisam desse apoio para ajudar a tornar a jornada um pouco mais alegre!

Feliz dia Internacional da Mulher!

01 de março de 2024

O QUANTO O SEU PRODUTO É BOM?

Hora de uma conversa sobre o que importa.

Hey, Powers!

Confesso que minhas redes sociais andam repletas de dicas de empreendedorismo, soluções para autoconhecimento e tudo o que vem na sequência envolvendo um coach, mentor, palestrante, educador e por aí vai!

Mas, hoje, algo me chamou a atenção.

Era um vídeo que afirmava o quanto autoconhecimento é a solução e premissa para o sucesso de qualquer negócio.

Tá certo que, sejamos francos, autoconhecimento é de fato importante, mas – poxa! - eu achei bem amador atrelar o sucesso do negócio ou o fracasso a isso.

Sendo franca? Propósito, visão, missão de mundo pra mim foram diferenciais que auxiliaram a venda de grandes produtos (veja a empresa da maçã quando foi vender o Macintosh – o primeiro computador pessoal a popularizar a interface gráfica, tela incorporada e mouse) para vender algo que nunca ninguém havia vendido antes. Ele chamou apenas o responsável pelo marketing da Pepsi e com uma visão muito bonita o instigou a criar uma campanha de marketing sensacional. Confiram no link abaixo:

1984 Apple Macintosh portuguese subtitles (youtube.com)

Ficou incrível mesmo e extremamente atual!

Esses grandes e inovadores produtos, além de disruptivos, de fato precisam levar o consumidor a crer que faz parte de algo grandioso, diferente e cultive o desejo de permanecer fazendo parte.

Na realidade, eu penso que Steve viu a utilidade do produto, uma vez que ele sabia que as pessoas ao usarem não se arrependeriam. Afinal, ele resolveu os grandes problemas que afastavam as pessoas da tecnologia e ao unir funcionalidades ele deu um match criando o Macintosh (será se ele se chamaria MATCHTOSH se fosse criado hoje? Risos).

Tá certo, até aí tudo bem, mas o Steve se autoconhecia? No início, não. E ele teve vários problemas com isso. MAS apesar dos entraves iniciais, ele gravou o nome dele na história não pelo autoconhecimento, mas pelo produto que mudou o mundo! O produto era e é bom, e tudo o que ele fez ele,  fez com dedicação e intuito de criar o melhor!

Não se engane.

Se seu produto for uma coxinha busque antes do autoconhecimento produzir a melhor coxinha, a mais saborosa, recheada e crocante. Se forem aulas busque a técnica de ensino que melhor desenvolva seu perfil de alunos. Se for distribuição busque a logística mais eficiente possível. E mantenha-se incorformado(a) com a sua entrega. Evolua seus produtos e faça-os subir de nível em pequenos ou grandes passos. Daí quando a sua gestão justificar e financeiramente for viável invista no aclamado autoconhecimento.

Perceba que o sucesso de muita gente, que hoje se apresenta aperfeiçoada e exalando autoconhecimento, talvez antes disso venha um grande produto. Sem falar que se busco antes autoconhecimento na tentativa de evitar erros esqueço que alguns desses erros serão fundamentais para virada de consciência e sucesso.

O que quero registrar com toda essa história, Power?

Se você deseja abrir um negócio, abra! Mas, antes, certifique-se de que o que você vai vender é mais do quem bom, pois um produto de qualidade mediana não cativa público, garanta que você será apaixonado por seus produtos e que investirá para serem cada vez melhores.

E reforço: se você não tem condições para investir em autoconhecimento; invista em conhecer o seu produto e o que ele provoca nas pessoas, pois é  esse o caminho que levará a soluções que bem realizadas proporcionarão o cenário perfeito para você investir bastante em autoconhecimento e a partir daí deixar de cair em várias armadilhas que pequenas e grandes gestões estão expostas.

Qualquer pessoa inteligente sabe sair do buraco que cavou. Contudo, muitas vezes, é necessário ter autoconhecimento para adquirir a sabedoria que levará você a desviar desses buracos. O autoconhecimento é uma das ferramentas que te ajuda com isso e pode, sem dúvida, alavancar o seu negócio só que sem um produto você terá só autoconhecimento mesmo e talvez um tantinho de frustração.

@marilia.marinho.brito

18 de fevereiro de 2024

Um domingo comum.

Casa cheia de crianças e a mente repleta de pensamentos.

Hey Powers leitores! Hoje depois de um domingo comum com direito a almoço na casa dos pais em família, bom vinho, boas risadas e muitas conversas sobre o cenário sócio econômico me peguei refletindo sobre o que faz um negócio prosperar.

Pesquisei alguns dados sobre a taxa de mortalidade empresarial e achei:

"A maior taxa de mortalidade é verificada no comércio (30,2% fecham em 5 anos) e a menor na indústria extrativa (14,3% fecham em 5 anos)."

A taxa de sobrevivência das empresas no Brasil - Sebrae

"Nos seis primeiros meses de 2023, o Brasil “perdeu” um total de 427.934 empresas entre micro, pequeno, médio e grande porte, segundo um levantamento da empresa de contabilidade Contabilizei."

Brasil perdeu mais de 400 mil empresas no 1º semestre de 2023; Mdic contesta os números | Economia | G1 (globo.com)

ALARMANTE.

Mas não surpreende...

O que me pergunto é como manter um negócio vívido, frutífero e próspero ano após ano, em meio a complexidade atual.

Certa vez ouvindo uma palestra muito interessante sobre criatividade foi colocado que hoje vivemos uma nova era, a era da COMPLEXIDADE, momento em que tudo está conectado e em constante mudança/evolução.

Vejam só o exemplo da nova velocidade 6g de internet que gerará outro grande salto na tecnologia, ainda não acessível mas com promessas para 2030.

Em meio a tanta evolução como evoluir humanamente e estrategicamente o negócio e encontrar a receita certa entre tantas possibilidades?

O mundo das redes sociais expõe beleza sedutora no ambiente empresarial, mas a dúvida sobre o quanto é realidade para mim é constante, assim como a comparação talvez venha a ser.

Vez ou outra eu mesma evito receber tanta informação que vem das redes sociais, até porque, sendo franca, muitas vezes o que aparece lá são estratégias que não significam que na vida real dão certo. As vezes tratam-se só de curtidas mesmo sem muito rentabilidade prática e negócios, caro leitor Power, nem sempre sobrevivem de curtidas.

Não vi ainda um método, uma receita, um processo comum as empresas bem sucedidas... Lembro agora do exemplo das lojas Americanas, que decepção. Mas sabem algumas características que vejo em comum nas veteranas?

Pelo líder do negócio, maneira de ser, a gana, acredito que seja possível alucinar o quanto o negócio poderá prosperar.

Vejo meus pais com tanta sabedoria, humildade, pé no chão e muitos objetivos, vejo amigos já pra lá de maduros empresarialmente e que assim como meus pais tem uma visão muito clara do que desejam para seus negócios.

Eles não desistem, eles investem, eles idealizam antes mesmo de pensar se haverá um retorno certo e comprovado. Eles desejam ver os clientes bem e satisfeitos. Eles cuidam do time com uma firmeza diferente.

Enquanto isso a turminha que está aqui em casa decide sair do pingpong e parte para a piscina! Essa geração vem aí cheia de energia, íntimos da tecnologia e com mil ideias por hora. Essa geração tem beleza, mais ainda quando não estão hipnotizados pelos seus celulares.

Essa geração inovará demais nos negócios e como quero aprender com eles!

Talvez seja isso o sucesso dos negócios que duram... Talvez eles olharam para geração que estava chegando e se deixaram contaminar com as suas ideias e sonhos e ao atrair e possibilitar o novo pra sí conseguiram manter um negócio saudável para as próximas gerações....

Mas tudo até aqui são só pensamentos de um domingo comum, com a casa cheia de crianças...

14 de fevereiro de 2024

O ANO COMEÇOU, CARNAVAL PASSOU!

DICAS DE ANO NOVO!

Hey Powers! E então me digam, o ano começou finalmente, hein?

É o que chove nas redes sociais da grande maioria da população e vejam que já estão mirando os próximos feriados...

Alguém já ansioso pela Semana Santa?

Fato é que 40 dias após o carnaval já damos início a mais uma festividade tradicional e que, SIM, movimenta a economia!

Minha curiosidade, o que você fará a respeito? Desde decoração a lançamentos limitados, o céu é o limite ou devo dizer o estoque?

A galera CLT segue de boa, ou nem isso ou nem aquilo... Enquanto isso nós empreendedores seguimos surfando a onda do empreendedorismo e buscando gerar resultados aos nossos negócios, na saga sem fim!

Lembrando que do pó viemos e ao pó voltaremos e olha que nem vou entrar no assunto da Baby e da Ivete, afinal de macetando já bastam os nossos desafios, impostos, folha....

Nesse período a convocação é para ATMOSFERA! Do e-commerce ao físico é hora de tirar o glitter e buscar os ovinhos de chocolate, os coelhinhos da Páscoa e inovar!

E para esse ano que se inicia vamos de dicas para caprichar nos negócios?

  • Esteja nos lugares certos, busque conexões com pessoas que te façam refletir e evoluir o negócio, seja objetivo e esqueça julgamentos e fofocas, cnpjs são cnpjs;
  • Estude comportamento do consumidor, perfil comportamental, marketing, leia sobre temas da sua área de atuação e ficções, se comprometa a ler pelo menos 6 livros esse ano;
  • Seja o exemplo, foque no simples bem feito (é difícil) e para isso invista em formas de monitorar o seu cnpj, câmeras, clientes ocultos e power BI´s fazem parte do básico, ok?
  • Passivo é passivo e ativo é ativo! Priorize o seu cnpj forte e simplifique o seu CPF, não explique, não reclame e deixe o tempo e as ações falarem por si, essa é a forma de plantio com maior garantia de colheita farta;
  • Reveja as metas sempre e escute o seu time. EU DISSE ESCUTE. Cuidado para não fazer tudo o que dizem, cnpj forte exige decisões difíceis e isso é com a gente, escute, analise e faça o melhor para a empresa;
  • Comemore os avanços e seja feliz na caminhada, se levar Jesus junto aí Power, eu posso dizer que conseguiu pegar o código!

Você já tem todas as condições que precisa para avançar, crescer e contribuir para a vida de muitos.

Você está vivo hoje, então aproveite a caminhada: ela pode ter cheirinho de chocolate ;) !

Para mais me encontra no insta:

Marilia Marinho (@marilia.marinho.brito) • Fotos e vídeos do Instagram

16 de janeiro de 2024

Navegando as Ondas do Empreendedorismo

A Bússola da Prudência e Simplicidade

Hey Powers!

A trajetória do empreendedor é como uma montanha-russa, com suas altas e baixas, surpresas e reviravoltas. Em cada curva, a diferença entre o sucesso e o desânimo está na capacidade de manter a constância, a paciência e a clareza de propósito.

Em meio a desafios recentes, nossa reflexão sobre o propósito do nosso negócio tem sido um exercício fundamental. Exige análise realista e pés firmes no chão, mas, acima de tudo, demanda escuta ativa do time. Afinal, são as vozes que compõem nosso corpo empresarial que podem revelar insights valiosos e soluções inovadoras.

Diante dos desafios, eu me volto para valores de vida bem definidos. E é nesse momento que uma frase que sempre compartilho ganha ainda mais significado: "Quem tem um porquê enfrenta qualquer como" e "Eu sei o meu porquê". Essas palavras simples funcionam como um lembrete constante de minha jornada, dando direção ao meu caminho.

Permita-me questionar, Power: Você conhece o seu porquê? Por que você trabalha onde trabalha? Por que empreende? Essas perguntas podem parecer simples, mas as respostas são a bússola que guia as ações nos momentos desafiadores e de bonanças.

Reflita sobre a fórmula bíblica que condiciona a forma de empreender: a PRUDÊNCIA E SIMPLICIDADE. A prudência nos orienta a antecipar desafios, a sermos estrategistas na superação de obstáculos. Já a simplicidade é a chave para desvendar a complexidade, concentrando-nos no essencial.

Neste cenário dinâmico do empreendedorismo, onde as ondas podem ser intensas, a prudência e a simplicidade se tornam âncoras sólidas. Que esses valores iluminem nossas decisões, nos trazendo leveza e energia para seguir adiante. Afinal, construímos hoje para alcançar os objetivos traçados amanhã.

25 de dezembro de 2023

Qual o seu nível de QUERENÇA?

O ato de querer como divisor d´águas.

Hey Powers!

Eis que chega o Natal! Entre aqueles que devoraram toda a ceia, os que se controlaram e as convivências familiares, ou não, que são típicas do período, eu venho aqui nesse espaço questionar qual o seu nível de querença?

Querença?

É isso mesmo, o quanto você realmente quer o que você quer? O quanto está de fato disposto a fazer o que precisa ser feito? Será que realmente você quer deixar a paz do espírito do Natal adentrar a sua vida? Será que as metas que já fez ou está se propondo a fazer são as metas que você quer, quer mesmo com muita querença? Você já pensou nas metas?

Adotei dois cachorros, um casal de Goldens, ADULTOS, como se o ano já não tivesse sido extremamente realizador, ainda consegui tornar esse período ainda mais especial ou caótico? É desafiador receber dois seres de grande porte, com toda a animação, baba, energia e um relacionamento totalmente novo a ser construído. A isso somam-se meus dois filhos, meu esposo e as diversas obrigações a que estou submetida nos negócios, na vida pessoal e espiritual.

É preciso ter querença o suficiente para colocar a rotina em ordem com esse novo casal que passa a habitar no meu lar, no meu coração e na minha mente. Ah, vamos lá, esse exemplo é pessoal, mas experimenta trazer para os seus negócios.

Imagina: a família feliz com dois cachorros lindos e super educados é a meta; no mundo dos negócios, a meta é a empresa mega power em quem todos têm uma cultura linda e exemplar somada a resultados de brilhar os olhos e encher os bolsos. Certo? Captaram a ideia da comparação aqui?

Os dois exemplos exigem uma super disciplina, rotina diária, monitoramento, um caminho a ser seguido. Mais fácil e rápido é devolver o casal de goldens e me readaptar à realidade de que nunca seremos a família feliz com cachorros à la propaganda de ração de cachorro... No exemplo comparativo, aceitar que os seus negócios jamais serão prósperos e estarão fadados aos diversos problemas que se apresentam a cada minuto do dia, sugando força vital, prazer em trabalhar e vida.

É preciso que a QUERENÇA supere a INÉRCIA.

Se vou devolver o casal de goldens? Não! Ainda estamos em adaptação, mas existe uma querença superior à inércia de voltar ao que éramos. O estímulo para isso? Meus filhos encantados com os animais que, na sua maneira de ser, encantam qualquer um e estão fazendo morada nos nossos corações.

Se vamos desistir de empreender? Não! Nosso aprendizado é contínuo e a querença também é superior à inércia aqui também; temos um time surpreendente que está apto a evoluir, boletos que precisam ser pagos e sonhos que precisam e que irão sair do papel nesse 2024... 2025... 2050!

Examine como está seu nível de querença, o nível de querença do seu time, dos clientes.

E o que eu desejo para todos no ano que se aproxima?

QUERENÇA!

Para mais me sigam em: @marilia.marinho.brito

Marilia Marinho (@marilia.marinho.brito) • Fotos e vídeos

05 de dezembro de 2023

Desperte a Liderança Empreendedora!

Inspirando mudanças e elevando a performance do time.

HEY POWERS!!!!

Já parou para pensar na quantidade de sonhos e visões que as pessoas nutrem ao longo das suas vidas, muitas vezes mantendo-se em uma rotina que, de fato, não reflete seus verdadeiros desejos?

A pergunta que ecoa em minha mente é:

Até que ponto os sonhos são genuínos e até onde vai a crença profunda de que são alcançáveis?

Mais ainda, questiono o quanto as pessoas acreditam em seu próprio potencial para enfrentar os desafios que surgem ao longo do caminho?

O ato de realizar sonhos demanda mais do que simples aspirações; exige traçar uma direção clara e estratégica para alcançar os objetivos almejados. Muitos, no entanto, tropeçam ao negligenciar esse aspecto crucial, perdendo-se na busca pelo volume de demandas e na desculpa comum de que o dia é corrido e sobrecarregado.

Como podemos deixar de romantizar essa narrativa? Afinal, aqueles que melhor executam geralmente estão confortáveis em seus lugares, enquanto o tempo avança e seus próprios sonhos são adiados.

A reflexão irônica sobre o empreendedor como o melhor executor revela uma verdade profunda: empreender não se resume a ser o operário incansável, mas sim a criar valor, cultivar um mindset global e nutrir um senso em todos de pertencimento à empresa, não apenas às operações setoriais.

A metamorfose do empreendedor que toca todos os instrumentos sozinho para o líder que rege a orquestra do seu time é uma jornada necessária.

Então, como alcançar essa transição?

A resposta é clara: cultivar um time que não apenas execute, mas que também gere valor. Isso implica em buscar um modelo de negócio enxuto, fundamentado em profissionais competentes. Ao adotar essa abordagem, redescobrimos que o cerne do empreendimento reside nas relações humanas. É vital reconhecer que, mesmo com sistemas eficazes, a presença do componente humano é inestimável.

Manter-se atento ao monitoramento e ao acompanhamento é a chave que vejo hoje para energizar o caminho do negócio, permitindo a identificação de oportunidades de melhoria, que podem e devem ser contínuas.

Desafio você a compartilhar o posicionamento do negócio com todo o time, alinhando cada membro à direção e estratégia a serem seguidas. Desafio você a ser o maestro do seu sonho!

Agora pergunto: qual é sua prioridade hoje?

Vamos inspirar, liderar e evoluir, transformando sonhos em realidade e construindo laços com o time capazes de orquestrar o sucesso!

26 de novembro de 2023

QUAL A SUA CRISE?

Escolha: enfrentar a crise ou aliar-se a ela!

Hey Powers! No ultimo post falei sobre as oportunidades e esperanças que surgem nesta época de fim de ano, momento de reflexão e de ação.

Enquanto muitos aqui podem estar vibrando outros tantos muitos estão apegados a crise e usando de âncora para justificar o seu estado atual, afinal traçar plano de ação dá trabalho, executar dá mais trabalho ainda e monitorar os resultados é o que diferencia os excelentes profissionais dos bons profissionais.

O BOM É INIMIGO DO EXCELENTE!

Vou mostrar alguns dados que li esses dias e que me fizeram refletir. Vejam só, abaixo uma listinha das últimas crises (por cima viu, porque existiram muitas outras):

  • 1980 - CRISE DA DÍVIDA DOS ANOS 80 "Na década de 1980, o Brasil enfrentou uma grave crise da dívida, resultante da combinação de altos níveis de endividamento externo e taxas de juros elevadas."
  • 1997 - 1998 - CRISE FINANCEIRA ASIÁTICA "Essa crise teve um impacto significativo na economia global e levou a uma reavaliação das políticas econômicas e financeiras em todo o mundo."
  • 2008 - CRISE DO SUBPRIME - "A crise reduziu a demanda por produtos brasileiros, resultou em uma desvalorização da moeda brasileira."
  • 2014 - CRISE HÍDRICA - "Um período de escassez de água que afetou várias regiões do país, especialmente o sudeste."
  • 2015 - 2016 - CRISE POLÍTICA ECONÔMICA - "Houve queda dos preços das commodities, uma fraqueza da economia brasileira e uma grande crise política."
  • 2016 - IMPEACHMENT DILMA ROUSEFF - "A crise política também afetou a economia, com uma desaceleração do crescimento econômico e uma queda na confiança dos investidores."
  • 2017 - DELAÇÃO DA JBS - "Escândalo de corrupção que envolveu a empresa de alimentos JBS, bem como políticos e autoridades brasileiras."
  • 2018 - GREVE DOS CAMINHONEIROS - "Uma paralização nacional dos motoristas de caminhão."
  • 2019 - DESEMPREGO - "O desemprego atingiu um recorde histórico, com milhões de brasileiros sem empregos."
  • 2020 - PANDEMIA COVID-19 -"Pandemia global causada pelo vírus da Covid-19, que causou a paralisação de todos os setores econômicos."

UFA! Informações que podem criar ansiedade a qualquer empreendedor, mas emprendeDOR é ousado e apesar das diversas opções de crises o objetivo é superar-se, sobreviver e crescer.

CRISE VIROU UMA CONSTANTE, deve estar na conta do negócio e estar atento e preparado para ela é nossa obrigação, pois se voltar agora na lista acima perceberá que os intervalos acabaram, seja no Brasil ou no mundo, o que era exceção virou regra.

Alguns pontos interessantes para observar em meio aos cenários turbulentos:

  • Avaliar regularmente os riscos internos e externos que podem afetar o negócio.
  • Entender de tecnologia.
  • Diversificar fontes de receitas e clientes para reduzir a dependência de um mercado específico.
  • Manter uma gestão financeira sólida.
  • Construir reservas financeiras para períodos de instabilidade.
  • Reduzir dívidas e custos operacionais sempre que possível.
  • Cultivar relacionamentos sólidos com fornecedores, clientes, colaboradores e outras partes interessadas.
  • Comunicar-se de forma transparente em momentos de crise.
  • Desenvolver liderança forte capaz de tomar decisões eficazes em momentos difíceis.
  • Fomentar uma cultura de inovação para encontrar novas oportunidades de negócios.
  • Estar disposto a adaptar produtos/serviços conforme as demandas do mercado mudam.

Para reflexão:

Como você tem agido? Com preparação para diversos cenários ou como refém da situação? Com criatividade para se reinventar ou sem qualquer plano novo? Qual a principal demanda que deve revisitar para garantir a sustentabilidade do negócio?

Desejo que ao ler este texto você desperte para a potencialidade do seu negócio, inove e dê o start nas ações necessárias para fomentar e se destacar mais e mais.

Acredito que todo negócio desempenha uma função social, sendo uma das engrenagens mais importantes da vida em sociedade, lembre-se disso e do quanto você é POWER!

20 de novembro de 2023

EMPREENDEDORISMO FESTIVO

ESTRATÉGIAS PARA ENCERRAR O ANO COM SUCESSO E COMEÇAR O PRÓXIMO COM PÉ DIREITO.

Hey Powers! Natal já chegou trazendo novas oportunidades para impulsionar negócios, consolidar o sucesso futuro e ganhar ânimo para as metas de ano novo!

Vamos lá, se você ainda não bolou seu marketing festivo, checou o seu estoque e fez seu planejamento estratégico para 2024 mãos a obra que é urgente, afinal além de sobreviver as festas é preciso prosperar no ano que chega, isso exige organização.

MARKETING FESTIVO: é todo o clima de natal e ano novo, luzinhas coloridas, músicas natalinas, o tradicional vermelho, verde e dourado que comunica o amor e a prosperidade. Kits natalinos são a dica!

ESTOQUE SEGURO: essa é a época das rupturas das industrias, preparem-se para faltas inesperadas, aqui o essencial é a famosa curva ABC, certifique-se de não deixar faltar as principais categorias vendidas!

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ANUAL: aqui a meta é fazer uma análise total do negócio, melhorias, oportunidades, forças, pontos de parada e partida, por fim olhar para o futuro que se aproxima e imaginar o negócio cinco anos a frente, depois 3 anos e enfim no ano que se aproxima, este raciocínio amplia a visão de futuro e auxilia a estabelecer o passo a passo necessário para se chegar lá, naquela visão de 5 anos, através das ações que serão realizadas e estabelecidas.

Essa é uma receita simples, mas exige concentração, foco e disciplina, o tal do básico bem feito! Esse básico é básico mesmo, mas consigo contar em poucos dedos empreendedores que tem o foco nesse básico, eles fazem a diferença, as vezes com um simples bom dia ;).

Ao abraçar estratégias festivas inteligentes e manter um foco claro no planejamento estratégico é possível garantir o mínimo viável para encerrar o ano com sucesso e começar o próximo com pé direito!

Boas Festas


Espero que essa sugestão seja útil! Sinta-se à vontade para ajustar conforme necessário para atender às necessidades específicas do seu público e do portal em que você está contribuindo.

15 de novembro de 2023

O HAPPY DELAS!

Conexão como fator de inovação.

Hey Powers! Como dito no post anterior conectar é a bola da vez, ganhando destaque e gerando novidades propulsoras de inovação. É assim que surge o HAPPY DELAS, tudo organizado pelo Hub KOA.

Descobri esse movimento a partir da grata surpresa de ser convidada para participar. Trata-se da junção de mulheres com o fim de conversar sobre temas que sejam fatores ou que fomentem a inovação.

Este que participei tratou sobre rede de apoio, essencial para nós que empreendemos e trabalhamos, seja no nível que for, do impulso que é motivação a rede de suporte de quem ajuda com cuidados os nossos filhos, afinal a rede feminina sem apoio é visivelmente podada da potencia inovadora, aproveito para agradecer a todos que são essa energia na minha vida, amo vocês!

Na foto acima apresento a vocês a Dulcy e o Leo, eles são os fundadores do KOA, jovens que buscam soluções, conexões, idéias e unicórnios!

Se você não sabe o que não os unicórnios eu explico:

São aquelas empresas que atingem uma valorização de 1.000 milhões de dólares sem ter presença na bolsa (sonhos da vida real).

A partir do networking e do trabalho duro com muitos acertos e erros iniciais eles são fomentadores de startups e eu preciso dizer que isso é muito POWER! Me encheu de energia sentir a motivação dessa dupla que promete fazer acontecer nos próximos anos.

As conexões promovidas não são apenas para a mulherada, tem o momento clube do bolinha também, com o DEV Serem Amigos.

Ah! IMPORTANTE: seja no Happy Delas ou no DEV qualquer gênero é bem vindo viu?!, o que fomenta ainda mais a capacidade de conexão e você é convidado a participar. Fica ligado nos anúncios do Instagram no link abaixo, segue eles e se inscreve no próximo, quem sabe a gente se encontra por lá ;).

https://www.instagram.com/koahubcriativo?igshid=MzMyNGUyNmU2YQ%3D%3D

01 de novembro de 2023

CONECTAR

Dados - Comunicação - Estratégia

Hey Powers, já parou para pensar se você realmente sabe por quê o seu negócio existe? Qual o diferencial dele? Já se perguntou, caso já saiba todas essas respostas, se o seu público também sabe? Se quem me lê ainda vai colocar seu negócio, então aproveita e reflete com a gente.

Comunicação.

Tudo começa aí, na entrega da mensagem. Algumas vezes podemos comunicar bem para nós mesmos e pessimamente para o time, os clientes e parceiros. Julga-se comunicar bem, mas o fato é que o importante é como a sua marca/negócio é realmente percebida. Você sabe como o seu negócio é percebido por seus clientes e concorrentes? E pelo seu time?

O caminho para encontrar essa resposta passa pela ciência de dados.... Nossa missão enquanto empreendedores é nos perguntar desde como criar relacionamento por meio de dados? Ou o quanto utilizar dados na operação? O quanto focar na estratégia do negócio? Na pré-estratégia? O quanto a cultura é sintonizada? O quanto os dados são democratizados para o time? Perguntas que façam refletir, extrair novidades e evoluir, sejam em bons ou desafiadores momentos.

Quando falo de dados falo do mínimo viável para gerir qualquer negócio: ticket médio, frequência, giro, markup, sortimento ideal, tempo, mix...

Esses são só alguns dos indicadores que podem ajudar a entender o desempenho de específico a geral. É claro que o sucesso vai além dos números, é preciso saber focar também no subjetivo, construir uma experiência única, agregar valor, ter um propósito claro e por aí vai, a ciência empreendedora é dinâmica e apaixonante!

Agora o que eu posso dizer é que vivemos tempos em que é preciso definir uma estratégia de realização, produção, eficiência, lembrando que o segredo não é só fazer ou fazer primeiro, trata-se especialmente de conectar melhor!

13 de outubro de 2023

Do Efêmero ao Perene

O Empreendedorismo como Resposta à Brevidade

HEY POWERS! A brevidade da vida é uma realidade que nos confronta todos os dias. Sejamos jovens ou dos velhos tempos...

Esses dias percebi que o tempo passa rápido, e muitas vezes nos encontramos imersos em uma rotina que nos faz esquecer o quão efêmera é nossa existência. No entanto compreendi que o empreendedorismo oferece uma perspectiva valiosa sobre como aproveitar ao máximo o tempo que temos para deixar/manter um legado significativo.

Ainda existem aqueles que não entendem... Mas o empreendedorismo não se limita a criar empresas, também se estende à criação de ideias, inovações e mudanças. É uma mentalidade que nos convida a buscar oportunidades, enfrentar desafios e moldar nosso próprio destino.

Através do empreendedorismo, construímos algo maior do que nós mesmos, contribuindo para o progresso da sociedade, criamos vínculos, nutrimos famílias!

Ao empreender, exploramos nossas paixões e talentos, buscamos o significado e a autenticidade em nossas vidas. Enfrentamos adversidades, aprendemos com nossos erros e crescemos como indivíduos. Cada desafio é uma oportunidade de autodescoberta e desenvolvimento pessoal. Um exercício diário de fé e resiliência.

Empreender é também nos conectar a uma rede de pessoas que compartilham dos nossos objetivos e valores. Essas conexões se transformam em relacionamentos duradouros, que se estendem muito além de nossas vidas individuais, contribuindo para nosso legado.

Nesses dias em que me deparei novamente com a fugacidade da vida, percebi que deixar um legado não se trata apenas de deixar uma marca no mundo, mas sim de inspirar e influenciar as gerações futuras, passar nossos valores, conhecimentos e ideias. É a maneira pela qual nossa história e nossas experiências se tornam uma orientação e fonte de inspiração para outros.

Desejo que você crie coragem de empreender ou se já empreende que não perca a fé e a coragem pois esse ato de corajosos nos capacita a viver uma vida significativa, construir um legado que transcende o tempo e deixar uma marca indelével na história. Abrace o empreendedorismo como um caminho para dar sentido à sua existência e contribuir para um mundo melhor, lembrando que servir será sempre a razão e o sentido de tudo!

E aqueles amigos que tenho feito neste caminho desafiador fica aqui o meu abraço e o meu muito obrigada por existirem e estarem nessa estrada comigo, vamos juntos com propósito e determinação! Aos amigos inspiradores que se foram... Meu obrigada por serem inspiração!

29 de setembro de 2023

PLANALTO MOTIVA – ILUMINANDO A SAÚDE MENTAL COM AMOR E COMPROMETIMENTO

O evento realizado pela rede de postos PLANALTO é um exemplo a ser divulgado, compartilhado e disseminado.

Hey Powers, em um mundo onde o estresse é uma moeda comum e a ansiedade parece estar sempre à espreita, é crucial lembrar que a saúde mental merece nossa atenção e cuidado constantes e em meio a essa conscientização, o "PLANALTO MOTIVA" brilhou como uma estrela guia no mês dedicado a essa causa tão importante.

Realizado com o objetivo de promover a prevenção do suicídio e elevar a discussão sobre a saúde mental, o "PLANALTO MOTIVA" foi mais do que um evento, foi uma manifestação de amor, compreensão e determinação.

Como uma gota de chuva que cria ondulações em um lago sereno, esse evento promete deixar um impacto duradouro em Teresina.

A fim abordar temáticas relevantes a palestrante Ana Karla Soares, compartilhou conhecimentos inestimáveis, proporcionando um ambiente propício para discussões significativas sobre a saúde mental. Suas palavras inspiradoras ecoaram nos corações de todos os participantes. Fica aqui o meu agradecimento pela sua participação!

Além disso é importante ressaltar que o maior agradecimento deve ser direcionado, também, para todos aqueles que reservaram uma tarde de sábado para se juntar a essa causa. Afinal nesse calorzão quem foi já se mostrou diferenciado ;).

O "PLANALTO MOTIVA" mostrou que, quando a comunidade, especialmente os empreendedores, se unem em prol de uma causa nobre, grandes coisas acontecem.

A tarde de sábado pode ter terminado mas a energia gerada por este evento continua a percorrer os caminhos de todos os envolvidos, sem dúvida!

É uma lembrança de que o amor, o comprometimento e a compreensão são as melhores ferramentas para iluminar os cantos mais sombrios de nossas vidas.

A você, leitor, peço que continuemos a energizar caminhos, porque a jornada pela saúde mental é uma estrada que todos nós devemos compartilhar. Espelhem-se no "PLANALTO MOTIVA" que nos mostra que não estamos sozinhos e que há sempre uma luz no fim do túnel - uma luz que brilha mais intensamente quando todos estamos juntos!

18 de setembro de 2023

DE FATO É VASTO.

Reflexões de um almoço em um dia qualquer...

Ao ponto pra bem, simples, leve e satisfaz. Delícia saboreada.

Hey powers!!!

Esses dias fui acometida de uma série de reflexões… Me deparei com o pensamento de que existem lugares que parecem ser moldados pela mão implacável do destino…

Almoçamos no Vasto e me percebi meditando a respeito dos seus donos que decidiram enfrentar a adversidade e reconstruí-lo e em como nessa jornada, o que mais colheram foi resiliência.

Pode-se dizer que o Vasto está se tornando um espetáculo à parte.

O que mais impressiona é a persistência dos proprietários em sorrir, em continuar, em nunca desistir.

Eles não são apenas donos de um restaurante, mas também guardiões de um espírito resiliente que todos nós deveríamos abraçar.

Pois a vida é assim, imprevisível, cheia de reviravoltas inesperadas.

E o que faríamos se estivéssemos no lugar deles?

Seríamos capazes de manter a calma e o ânimo diante das adversidades?

Seríamos capazes de rir, de encontrar forças para recomeçar, mesmo quando o mundo parece conspirar contra nós?

É surreal a história… Um gato, uma explosão, uma queda e enfim um balde d`água…

Isso para resumir em pouquíssimas palavras o que pode inspirar um dia um super livro.

Estando lá, presenciando a beleza do lugar, entendo que a resiliência não é apenas a capacidade de resistir, mas também de se adaptar e crescer com as experiências desafiadoras.

É a habilidade de transformar cada desastre em uma oportunidade, de encontrar alegria na luta, de sorrir para a vida mesmo quando ela parece estar zombando de nós.

Então, da próxima vez que a vida nos apresentar um desafio inesperado, talvez possamos nos inspirar na história deles e nos perguntar:

Será que encontro a força para ser tão resiliente quanto eles?

A resposta, talvez, esteja no sorriso que surge após a tempestade, na coragem de continuar, mesmo quando nossa humanidade parece nos paralisar e na certeza de uma evolução muito mais segura e uma história muito mais forte para contar e compartilhar.

De fato Vasto… Vasto são os aprendizados daquele lugar.

04 de setembro de 2023

B R – O – BRÓ AMARELO

Um fôlego de beleza para este tempo tão quente.

Hey Powers!

Os ipês floridos brilham aos olhos e aquecem os corações, quando tudo ao redor começa a florir e deixar seus sinais de flores no céu e no chão é o tempo que também chega nosso B R O - BRÓ, nosso combo de 4 meses para aquecer tudo, inclusive o juízo.

Nesse meio tempo, assim como as flores, haverão os que acharão lindo e aqueles que reclamarão da sujeira... Viver com seres humanos é viver com as divergências e semelhanças dos mais diversos tipo de opiniões!

O fato é que tudo o que vem deve ser visto como oportunidade para que seja possível inovar e abrir horizontes, seja em qual área estiver, inspire-se nas flores da estação e energize o caminho de alguém, ou de muitos, só não vale deixar fritar o juízo e perder a oportunidade de ser cada dia um pouco melhor do que você foi ontem, seja no seu CPF ou mesmo no seu CNPJ, ou deveria dizer, nas suas redes sociais, já postou por lá a foto do seu ipê florido? (risos)

19 de agosto de 2023

COMO ASSIM: DOPAMINA?

Dopamina como estímulo à diferenciação.

Hey Power! Já ouviu falar do neurotransmissor do momento? DOPAMINA?

Certo, não sabe o que isso significa? Vamos lá:

Dopamina é um neurotransmissor que regula prazer, motivação e aprendizado, influenciando o comportamento e as funções cerebrais. É tipo assim quando você experimenta algo bom, positivo, como comer uma comida saborosa, receber elogios, atingir uma meta, gerando a sensação de satisfação e motivação. Entendeu?

Então, em um cenário empresarial estimular no dia a dia dos seus clientes, do seu time com esse neurotransmissor pode ser a cereja do bolo e a chave para o destaque!

O ponto de partida para usar essa tecnologia humana ao seu favor é usar e abusar da criatividade e experiência do cliente, afinal cliente e time satisfeito é aquele que defende a marca (sonho de todo empreendedor).

Como fazer isso então? Uma boa tática são os programas de fidelidade e de incentivo em que você pode celebrar os marcos de evolução de consumo/metas.

Use com o intuito de encarar os desafios como oportunidades de aprendizado e crescimento, liberando a dopamina da SUPERAÇÃO. Quer competência melhor do que aquela capaz de desenvolver e construir resiliência, especialmente se for a coorporativa?

Para ilustrar vou colocar aqui exemplos de negócios de todo o tipo para você se inspirar e desenvolver todo esse potencial:

  • Facebook, Instagram, Tik Tok, estão no topo da lista com toda a capacidade que possuem de notificação, curtida, compartilhamento, capaz de gerar aquele engajamento contínuo e de deixar os usuários atentos a qualquer sinal sonoro (se identificou?).
  • Candy Crush, esse eu consegui apagar do meu smartfone (ufa!), são tantas cores, sons, recompensas e novos desafios que é impossível parar de jogar (alguém ai no CCA - Candy Crush Anônimos?)
  • Programas de fidelidade do varejo, bela dona de casa que sou preciso lembrar das recompensas em troca de selos para resgatar em belas facas.. panelas... estimulando o consumo e o retorno para mais e mais compras...
  • Aplicativos Fitness que com as metas, celebrações de conquistas e reconhecimento são capazes de motivar o usuário e manter um estilo de vida saudável ativo.

Ufa! Muitos exemplos, espero que você esteja afinado no quesito identificação de estratégias de DOPAMINA e consiga assim visualizar e desenvolver grandes oportunidades!

31 de julho de 2023

LEIA ANTES DE CRIAR UMA PROMOÇÃO

SALE/PROMÔ/DESCONTO/QUEIMA/OFERTA

Essa época do ano estamos repletos de cartazes gigantescos com números assustadores em descontos e vantagens. Em alguns estabelecimentos as vantagens são tantas que o consumidor desconfia... (estou nesse time). Me pergunto se o empresário conhece outras formas de ser referência e de fato gerar impacto positivo nos seus resultados.

Vamos lá, se a ideia da grande oferta é para alancar resultados sugiro esse caminho:

1º Verifique sua margem, é preciso atualizar o seu preço ou reduzir o seu custo operacional;

2º Confira o seu mix, afinal será que você tem realmente aquilo que o consumidor quer?;

3º É importante organizar as informações, hein?! Vai lá e da uma espiadinha em como que está o seu visual merchandising...

4º Estude seu fluxo de clientes, a experiência no dia a dia de vendas (Seu consumidor leva mais de 10 minutos para ser atendido? Ele entra e vai embora de mãos vazias?);

Todos os itens acima merecem atenção antes da solução PROMOÇÃO! A festa que os clientes devem desejar no seu negócio deve ir além disso!

Veja só essas possibilidades: sorteio, competição, cartão fidelidade, promoção relâmpago, desconto limitado, pacotes de serviços a mais, teste ou demonstração grátis, cupom para a primeira compra, cashback ou giftback... O importante é preparar a loja para dar aquela sensação boa de OPORTUNIDADE!

Use a criatividade para criar essa atmosfera imperdível e se for possível possibilite autonomia para o seu time de vendas, seja na possibilidade de entregarem brindes ou serviços adicionais. Engaje para que com criatividade atraia o maior número de pessoas.

A dica é valiosa, pois quanto mais promoções por toda a loja maior o alerta para a possibilidade do seu preço original não ser o justo ou mesmo apontar uma fragilidade operacional.

Já aproveita a dica e aplica agora nos dias dos pais e lembra: preço todo mundo pode ofertar, antes disso veja a possibilidade de ser único e fazer diferente da boiada!

Gostei muito de uma frase que li e se aplica bem ao mundo real dos negócios:

FATURAMENTO É EGO, LUCRO É SANIDADE E CAIXA É REALIDADE!